Sex06232017

Última atualizaçãoQui, 22 Jun 2017 6pm

Saúde

Vacinação contra a gripe

Campanha teve início nesta segunda-feira em todo o país

A campanha nacional de vacinação contra gripe começou nesta segunda-feira (17/4), em todo país, com o desafio de reverter o crescimento dos casos da doença e reduzir as mortes causadas pelo vírus Influenza. Em Minas Gerais, os números de óbitos e pessoas internadas com gripe cresceram mais de 1.000% no ano passado.

A campanha deste ano foi antecipada justamente por causa do aumento dos registros fora do período mais crítico. Os casos mais graves se concentram durante o inverno, mas em 2016, houve um grande número de notificações nas demais estações do ano.

No ano passado, Minas registrou 297 mortes e 1.071 casos de influenza, contra 17 óbitos e 93 internações em 2015, uma alta de 1.647% e 1.051%, respectivamente. Em Belo Horizonte, o crescimento foi menor, mas ainda assim alarmante. As mortes cresceram 600%, passando de oito em 2015 para 56 em 2016. Já os casos notificados pularam de 54 para 275, uma alta de 409%.

Além do período de vacinação ter sido antecipado, o público alvo da campanha foi ampliado. Agora, os professores das redes pública e privada também poderão ser imunizados. Os demais contemplados são idosos, crianças de seis meses a 5 anos, trabalhadores de saúde, mulheres até 45 dias após o parto, indígenas, presos, adolescentes que cumprem medidas socioeducativas e funcionários do sistema prisional. Pessoas com doenças crônicas não transmissíveis, como diabetes e hipertensão, também podem ser imunizadas, desde que haja prescrição médica.

Segundo o Ministério da Saúde, tratam-se de grupos com maior risco de complicações devido à gripe. A meta deste ano é vacinar 90% do público-alvo, índice maior do que nos anos anteriores, quando a meta girava em torno de 80%. Para isso, serão distribuídas 60 milhões de doses. A campanha vai até o dia 26 de maio.

Em Conselheiro Lafaiete
A Secretaria Municipal de Saúde da cidade realizará a 19ª campanha de vacinação no período de 24/4 a 26/5, sendo que o Dia Nacional será realizado no sábado, 13/5.

A meta é vacinar 90% dos grupos prioritários para a vacinação que são: crianças na faixa etária de 6 meses a menores de 5 anos (4 anos, 11 meses e 29 dias); gestantes; puérperas (até 45 dias após o parto); trabalhadores da saúde sob potencial risco de contrair a infecção pelo vírus influenza e envolvidos na resposta a possíveis casos da doença; idosos com 60 anos ou mais de idade; população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional; pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis, e outras condições clínicas especiais independente da idade; professores na ativa da educação infantil, ensino fundamental, médio e superior das escolas públicas e privadas. A vacina estará disponível nos Postos de Saúde dos bairros no horário de 8h as 16h e na Unidade de Vacinação de 07h as 16h.

Saiba mais

Quais doenças ela protege: A vacina é a trivalente, ou seja, protege contra três tipos de vírus da gripe: A (H1N1), A (H3N2) e B.

Foto: A meta neste ano é vacinar 90% do público-alvo, índice maior do que nos anos anteriores

Aedes Aegypti

Secretária de Saúde

Lafaiete realiza mutirões de combate ao mosquito

Mais quatro bairros receberão o mutirão de limpeza na próxima semana. O mutirão será realizado no próxima quinta-feira (9/3) em parte dos bairros JK e Resende, no dia (10/3) o serviço será realizado em parte dos bairros Carijós e São Sebastião, sempre de 08h00min as 14h00min.

O critério para escolha das áreas onde estão sendo realizados os mutirões está relacionado ao número de casos da doença registrados no ano passado, ou seja, as áreas com maior número de casos notificados estão recebendo o mutirão prioritariamente. No entanto, o trabalho dos agentes de endemias é diário em todos os demais bairros do município.

O setor informa que não serão recolhidos materiais como móveis velhos, por exemplo, sofá ou guarda-roupa, tanquinho, tambor, gaiolas entre outros. Somente serão recolhidos depósitos que couberem em sacos de lixo.

A Secretaria Municipal de Saúde, por meio do setor de Combate a Endemias, solicita a colaboração de todos e informa que está intensificando as campanhas e ações a fim de prevenir casos de Zika, Dengue e Chikungunya. No entanto, espera mobilizar a população a participar no combate ao mosquito transmissor das doenças, sobretudo neste período chuvoso e quente, que representa o maior risco para a proliferação do Aedes Aegypti.

Foto& texto: Divulgação / Assessoria de Comunicação / PMCL

Peritos alertam

Setembro Amarelo

Nove em cada 10 suicídios podem ser evitados

Apesar de ser uma das 10 principais causas de morte da humanidade, o suicídio é um assunto tabu, muito pouco discutido na sociedade. Trauma vivenciado por várias famílias, é hoje um grave problema social, econômico, familiar e investigativo. O que muita gente também não sabe é que nove em cada 10 suicídios são evitáveis.

É o que alertam os peritos criminais Gilmar Dias Rodrigues e Renata Karla Peres Rodrigues, responsáveis pelo projeto Valorização da Vida & Prevenção ao Suicídio. "A ajuda pode vir da integração de todo o grupo de familiares, amigos e colegas da pessoa que apresenta esses sinais. Juntos, é possível buscar intervenção psicológica, médica e assistencial. O auxílio será sempre de todos que cercam o convívio do potencial suicida e o corpo de atendimento médico-psicológico-assistencial", explicam.

O primeiro passo para a prevenção é estar atento aos sinais. "Em linhas gerais, quem está propenso ao suicídio perde o interesse pelo trabalho, estudos, diminui a ingestão de alimentos, tende a se isolar em casa, torna-se desleixado em relação a sua higiene, entre outros", detalham. Por se tratar de problema multifatorial, a família e os amigos são dois dos grandes pilares de auxílio. "Como, normalmente, a pessoa com a ideação suicida passa a se perceber isolada, seus familiares, amigos e colegas serão, sempre, seu "porto amigo", e isso, inicialmente, é o que a pode fazê-lo desistir do ato".

Assim que seu grupo de convívio percebe diferenças de comportamento, o ideal é buscar um suporte profissional, que, inclusive, está disponível na rede pública: "O município, por meio das secretarias de Saúde, Assistência e Desenvolvimento Sociais, vem fazendo um excelente trabalho de capacitação continuada das Equipes de Atenção Básica em Saúde (Nasf/ESF) e Desenvolvimento Social (Cras) para promover o atendimento necessário aos potenciais suicidas (pessoas com histórico familiar de propensão ao ato, dependência química, alcoólica, indivíduos com tentativa prévia, os que apresentam distúrbio psiquiátrico, e os que se encontram em contexto social que inspire cuidados).

Existe, ainda, o Centro de Valorização da Vida (CVV), hoje chamado de "Como Vai Você?", que atende, gratuitamente, através do número 141, 24h por dia. Até o Facebook já se integrou à prevenção mundial do suicídio e tem ferramenta própria, em sua plataforma", detalham.

Hora da prevenção
Conforme alertam Gilmar e Renata, a região apresentava uma estatística anual mais ou menos equivalente, entre 2008 e 2014. A partir daí, os números vêm aumentando consideravelmente. "A Organização Mundial da Saúde (OMS) percebeu que, a partir da ampla divulgação e debate do problema, os casos de intentos suicidas e suicídios chegam a diminuir, em até 60%. Em sua imensa maioria, quem intenta suicidar-se, na verdade, não consegue reconhecer, naquele momento, solução para o que entende como seus problemas. 'Ela não quer morrer: ela quer mudar sua vida!': talvez seja por essa frase que devamos nos nortear. Como 'o que não é discutido, não é resolvido', há muito que pode ser feito (com muito pouco) para que nossos semelhantes não desistam e prossigam suas vidas, com saúde, equilíbrio, felicidade e total integração a seus familiares e amigos!", frisam os idealizadores do projeto.

Setembro Amarelo
Como setembro é considerado, mundialmente, o mês de prevenção ao suicídio, o projeto planejou uma série de ações, que vai desde a educação infantil, com a identificação de símbolos de alegria, esperança e otimismo, até aos jovens, por meio de palestras, oficinas virtuais, inserção comunitária, além dos serviços municipais de recepcionamento social, encaminhamento clínico e tratamento. As atividades também serão estendidas aos demais segmentos sociais para que deem continuidade ao processo de informação, identificação, tratamento e resgate de grupos de risco, com a formação de agentes multiplicadores do projeto, propagando-o a outros municípios mineiros.

A partir do dia 1º de setembro, o Cristo Redentor, Castelinho, igrejas, empresas e residências que quiserem se integrar à campanha devem ser iluminadas em amarelo. O tema da campanha "Prevenção ao Suicídio & Valorização da Vida" também deve ser o marco central das comemorações do desfile da Independência do Brasil, compondo o cerimonial oficial de nosso município. A programação inclui, ainda, um concurso de bandas regionais executando a música tema da campanha ("Enquanto Houver Sol") e outras que abordem positivamente o sentido da vida no domingo, 18 de setembro, fechando com um ciclo de palestras compartilhadas com alunos dos cursos de graduação de Serviço Social, Terapia Ocupacional e Biomedicina no domingo, 25 de setembro. A ideia é dar continuidade ao programa por todo o ano de 2016.

Foto: Divulgação / Interessados em discutir o tema podem entrar em contato com Gilmar Dias Rodrigues e Renata Karla Peres Rodrigues pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.">

Dia “D”

Combate à febre amarela

Prefeituras da região se unem para uma vacinação em massa.

Os municípios de Conselheiro Lafaiete, Congonhas e Ouro Branco/MG realizam o dia “D” de vacinação contra febre amarela. A ação acontece nas principais cidades da região neste próximo sábado, dia 4 de março. Conforme a organização, todos os atendimentos serão realizados em unidades básicas de saúde e pontos de apoios dos três municípios, no horário de 8h às 17h.

Para receber a vacina, basta comparecer aos pontos de vacinação portando documentos de identificação, cartão de vacina ou cartão SUS.

De acordo com os coordenadores regionais, a campanha se deve à mudança da situação epidemiológica na região, ocasionada pela confirmação de macacos encontrados mortos com diagnósticos positivo para o vírus da febre amarela.

Foto: Ilustração/ Divulgação Internet - A vacinação é importante para realização de bloqueio do vírus, evitando que ocorra transmissão silvestre ou urbana da doença

Oportunidade

Fundação CSN

Empresa recebe currículo de profissionais com deficiência

A Fundação da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) está recebendo currículos de profissionais com deficiência para atuar na região de Congonhas/MG. Interessados devem enviar o currículo junto com um laudo médico até o próximo dia 8 de julho para Daniele Santos, no e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
Maiores informações
Manter contato pelo telefone (31) 3731-1092

Foto: Arte Final CSN/ Divulgação