Sab04222017

Última atualizaçãoSab, 22 Abr 2017 6pm

Congonhas

Cidade  é citada como exemplo por UNESCO e Iphan em Brasília

3º Encontro Brasileiro das Cidades Históricas, Turísticas e Patrimônio. 

Congonhas ganhou destaque no 3º Encontro Brasileiro das Cidades Históricas, Turísticas e Patrimônio Mundial, que é realizado entre esta terça-feira, 11, e esta quarta, 12, em Brasília. A presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Kátia Bogéa, enalteceu o exemplo de Congonhas na restauração da Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição, pelo PAC das Cidades Históricas. Já a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) escolheu o encontro para lançar nacionalmente o livro sobre o “Museu de Congonhas – UNESCO”.

Na abertura do evento, o ministro da Cultura, Roberto Freire, se encontrou com o prefeito Zelinho, o secretário municipal de Planejamento, Antônio Odaque, e com o diretor-presidente da FUMCULT, Sérgio Rodrigo Reis.

Brasília
O PAC Cidades Histórias já entregou a Congonhas, em parceria com a Prefeitura, as obras da Alameda das Palmeiras, da Igreja de N. Sra. do Rosário e mantém em execução a Basílica do Senhor Bom Jesus de Matosinhos e o Parque Natural da Romaria. Há ainda outras cinco ações selecionadas pelo Iphan, por meio deste programa, para a cidade. Kátia Bogéa declarou para a plateia presente ao encontro que “Congonhas fez o seguinte, o prefeito Zelinho foi esperto e contratou todos os projetos e os passou ao Iphan. Depois cobrou os recursos. Ele escolheu uma equipe nota dez de planejamento e de execução das obras. O prefeito fez o dever de casa direitinho”.

O livro que a UNESCO lança durante o 3º Encontro Brasileiro das Cidades Históricas, Turísticas e Patrimônio Mundial registra o processo de criação da instituição museológica e sua funcionalidade. A experiência será traduzida em várias línguas e enviada para outros sítios reconhecidos pela UNESCO como patrimônio mundial, com objetivo de estimulá-los a terem equipamentos como este, dedicado ao Santuário do Senhor Bom Jesus de Matosinhos.

Foto&Texto: Assessoria de Comunicação PMC / Secom