Seg07242017

Última atualizaçãoSex, 21 Jul 2017 8pm

Esporte

Médico é preso

O esquema também envolvia um político

Profissional da saúde cobrava de pacientes por serviços realizados pelo SUS.

Um médico foi preso na tarde de sexta-feira (9/6) por uma equipe da Polícia Civil de Conselheiro Lafaiete/MG, conforme informações da PC, o cirurgião-geral utilizava de um esquema fraudando o Sistema Único de Saúde – SUS; o vereador de uma cidade próxima e outro colega médico da cidade de Entre Rios de Minas, também seriam acusados pelo delito de corrupção passiva.

Conforme o delegado Maurício Carrapatoso, responsável pelo caso, na casa do acusado foi encontrado uma arma de fogo, dinheiro e cheques utilizados em pagamentos realizados pelos pacientes. Na investigação, foi comprovado que recentemente, cirurgias e outros procedimentos realizados gratuitamente pelo SUS eram cobrados pelo profissional.

Foto: Ilustração - Divulgação Internet